You are currently browsing the monthly archive for February 2009.

Comenta-se nessa blogosfera fashion que é o Gareth que vai assumir a direção da Dior Homme. Se for mesmo verdade é a melhor noticia do ultimo século, desde que o Nicolas Ghesquiére assumiu a Balenciaga em 1997.

Vou casar de Dior Homme agora. Imagina ele e o Galliano no after do desfile? hihihi

Advertisements

mais linda ainda de batom azul e farinha na cara.img_6096-copy

Hoje é a data de lançamento da Love com a Beth Ditto na capa. Maaal posso esperar pra ter a minha s2 hehhe

PARABÉNS VESNINHAAAAAAA!
A GENTE TE AMAAAAA!
img_1199ss

“I always wanted to be somebody, but I should have been more specific.
Lily Tomlin

a gente também ama o trabalho do Tebe  Interesno. ele é um ilustrador russo que mistura fotos com as ilustrações dele. o resultado é esse:

criatividade não tem limite né?

a gente ama muito o trabalho do ryan mcginley. ele é muso.

além do fato de que eu acho ela uma brega, hoje eu descobri no youtube que ela é bem potranca.

repara na letra ‘i wanna take a ride on your disco stick’ isso é que é letra criativa hein galere???

pode comentar quando você vier aqui ok? porque eu veeeeeeeeeeeeeeeejoo quando o blog é acessado e ninguém comenta… don’t be shy, a gente ama os nossos leitores s2

menos aquele que fica fuxicando a gente pra descobrir musica e depois falar que ele que descobriu, voce pode morrer, beijos

fazia tempo que eu nao via um clipe bom assim

http://www.vimeo.com/3002926

E BY THE WAY, voce que fica falando que eu copio musica de você, pode vir falar comigo dizendo que você descobriu o clipe do justice semana passada tá? e que se eu gosto é porque eu copiei de você hihihi OI? jájá vem me falar que descobriu uma cantora nova chamada madonna, eu mereço viu…

PODE IR BAIXAR THE VIRGINS INDIVIDUO, E FALAR QUE EU COPIEI DE VOCÊ, EU DEIXO.

vogue-homme-vogue

beijo pra quem tem namorada/namorado :)

Jum Nakao é idolo. Hoje vendo o documentário dele no Nomes da Moda, eu revi o desfile de 2004 e percebi o tanto que aquele desfile, cinco anos depois, é atual. Subversivo, Jum Nakao fez um desfile todo de papel, onde as modelos rasgavam toda a roupa no final do desfile, deixando todos muito impressionados e emocionados. Eu acho que ele realmente é um dos mestres brasileiros da moda, no sentido de traduzir e realizar um conceito até o fim. Jum se enquadra na categoria de ‘estilista de estilistas’ inspirando e ensinando a todos que tiveram acesso ao seu material. No documentário ele conta que a faxineira do SPFW assistiu o desfile dele e foi até o backstage abraçar ele dizendo que pela primeira vez ela havia gostado de um desfile “Acho que você quis dizer que não importa a roupa, é o interior que conta.” resumiu a faxineira emocionada. E eu acho que é isso mesmo. Jum usa a roupa como um suporte para idéias, expressões e subversões. E é disso que o Brasil precisa, não? Cinco anos depois, todos os valores mostrados naquele desfile ainda são reais. Roupas de papel (crise, valor da roupa), modelos rasgando tudo (valor da moda na sociedade atual) enfim, tudo ainda é usável. E eu acho que é isso que faz de um desfile, um momento da moda. Quando você prega uma tendência, vai durar no máximo três estações. Quando você prega uma idéia, o desfile cumpre seu propósito e se eternaliza.

A Dazed and Confused recentemente dedicou uma edição inteira a um projeto chamado ‘Teenage Takeover’ onde eles fizeram uma open call pra todos os jovens abaixo de 19 anos que quisessem participar da edição. O resultado foi muito poisitivo, foi uma edição com muita visão de moda nova e fresca. Agora fica a pergunta, aonde está esse espaço pra novos stylists, editores, fotógrafos e maquiadores no Brasil. Bem que a Key, ou a MAG! que são revistas de certo modo mais vanguardistas podiam abrir esse espaço né? Porque a moda no país precisa se renovar… Existe muito o predomínio de velhos estilistas, consagrados fotógrafos e enferrujadas revistas, que seguem sempre o mesmo padrão, e não trazem nada de novo. Se continuar assim, é lógico que a moda brasileira nunca vai se estabelecer como um grande pólo fashion no mundo…

fotos: Dazed and Confused

a gloria coelho é o hussein chalayan do brasil né?

O ultimo desfile do SPFW inspirou todo mundo. É sempre perigoso ser o último desfile da temporada, porque os jornalistas, maquiadores, modelos e todo mundo já está bem cansado, e é dificil fazer os olhos brilharem depois de mais de trinta desfiles em uma semana. Apesar de tudo isso, a Neon realmente conseguiu superar e deixar todos inspirados e muito felizes com o encerramento de mais uma SPFW. Dudu Bertholini e Rita Comparato optaram por remar contra a maré ao colocar um seleto casting de modelos todas posando na passarela, ao contrário do que se vê em todos os outros desfiles com meninas sem expressão e duras. Foi muito lindo ver a moda voltar aos 50’s com todas aquelas modelos posando e a trilha linda. Show a parte, essa foi uma das melhores coleções da Neon. A marca evoluiu muito desde aquele primeiro desfile na casa de Dudu Bertholini, com mil estampas, e maiôs. A marca ainda usa muito das estampas, porém de um jeito muito mais fino e diferente do começo. A abravanação abriu espaço para uma mulher chic, linda e deslumbrante. Destaque para o vestido de paetês luxo usado por Vivi Orth e para o lindo vestido armado.
neon