For now she need not think about anybody. She could be herself, by herself. And that was what she now often felt the need of – to think; all not even to think. To be silent; to be alone. All the being and the doing, expansive, glittering, vocal, evaporated; and one shrunk, with a sense of solemnity, to being oneself, a wedge-shaped core of darkness, something invisible to others.
Virginia Woolf

To repassando o convite que eu recebi pra vocês

A gente vai! Vamo se ver por lá gente? Aqui em brasília nunca tem nada, é obrigação ir viu? Ainda mais quando é aberto ao publico assim. Vem e fala com a gente galere :) Se voce for leitor do blog, se apresenta que a gente te dá o cartão do blog que vai valer 2 milhões de reais depois que a gente for contratado pra ser editor da Vogue UK em 2020 ok?

Não é só a Vogue que tira ‘inspiração’ meio literal de outros editorial gringos… Essas de cima são as fotos da Elle de março e as de baixo da Vogue US de setembro do ano passado…

elle brasil

Foi só eu que achei essa campanha da Louis Vuitton BIZARRA?

Qualé fia, tô toda dura aqui, orelhinha de coelho, issoaê sou hype!

E caro editor da campanha da Madonna, já que você nao conseguiu fazer a deeva tirar a pulseirinha da cabala, PHOTOSHOP SERVE PRA ISSO, não pra deixar o cabelo dela bizarramente verde…

Osklen:
Oskar Metsavaht (um dia eu escrevi o nome dele errado e ele me corrigiu em pessoa hihih) deu a largada ao SPFW verão 2010 com um desfile muito, muito lindo. A inspiração dele foi o carnaval, um dos temas mais brasileiros que a gente encontra e justamente por isso um dos mais perigosos. O Oskar ARRASOU nesse tema e fugiu do óbvio TOTALMENTE. Ele falou que resolveu desconstruir o carnaval, chegando a essência de todos os carros alegóricos, fantasias e etc: o brilho e as cores. O desfile começou com um bloco de sobreposições de tule de várias cores, dando um efeito gráfico de jogo de sombra LINDO. Depois o desfile ia entrando mais no carnaval, com estampas de penas e paêtes. A gente tá amando muito as sobreposições de tule por cima de peças mais fortes, como os paetês. Super alternativa pra ficar mais elegante :D O shape da coleção foi o da t-shirt oversized que a gente ama pra vida toda e acha super usavel. Foi uma coleção LINDA. Pena que a osklen sempre carrega a mão nos preços né gente, então já to até vendo blusa de tule que custou 20 reais pra fazer por 800 reais… Mas, apesar de tudo, a osklen vem conquistando o espaço dela de lifestyle brasileiro sem nunca cair no óbvio e no (segundo Gloria Kalil) folclórico.
OSKLEN

No dia 17 de madrço as 17:50 a gente fez um post sobre o que a gente achava que ia dar do CFDA AWARDS 2009. A gente falou que amava o Alexander Wang e que as irmãs da Rodarte iam ganhar. Bom, a premiação foi ontem, o Alexander Wang ganhou o prêmio Swarovski e as irmãs da Rodarte ganharam os Womenswear!! AHAAAM, a gente gabaritou o bolãooooo. É, a gente vai começar a fazer previsões místicas da moda agora hihihi. Começando as previsões hmmm Vitor Dzenk vai continuar fazendo vestidos esvoaçantes pro inverno 2010, a Carlota Joaquina vai fazer um monte de roupa cheia de bolso pro verão 2010 e o desfile da Glória Coelho vai ser num horário bizarro. Anotem e confiram hihihi

Ok, agora vamo dar uma olhada no povo que foi:
Prêmio Best Dressed Stylesecret (masculino)

Alexander Wang de Comme des Garçons.

Best Dressed Stylesecret (Feminino)
A mãe do Alexander Wang (hihi, tá, é mentira), Vera Wang, vestindo Vera Wang.

Prêmio Melhor Pose Pra Foto
Diane Von Fustemberg mostrando que ela tá RYCA depois de fazer a coleção pra H. Stern que tudo custa um milhão de reais.

E por último:
Prêmio DO IT YOURSELF!

Hana Soukupova (?) foi na 25 de março, comprou um metro de lamê prata, deu pro brother da foto costurar e é isso aí, sou fashion.

Nosso ultimo editorial já tá publicado no finíssimo, clica aqui pra ver ele. A produção é da carol e aqui tem umas fotos de backstage pra vocês leitores :)

DSC_0496 copy
DSC_0608 copymodelo, fotógrafo, maquiadora, nosso editor, stylist e cabelereiro from caribe

finissimo

tava fuxicando a vida do mark borthwick E EU DESCOBRI QUE A PAREDE DELE É IGUAL A MINHA. Mark, para de me imitar e me liga!


mark pinho

parede markpedro borthwick

Pra comneçar, todo mundo TEM que ler essa matéria do fashionologie. A modelo Sara Ziff dava um jeito do namorado dela entrar em todos os backstages da vida e filmar tudo. O resultado foi o documentário ‘picture me’ que fala sobre tudo o que a gente não fala sobre o mundo das modelos. Pra quem achava que o documentário ia ser sobre anorexia, você se enganou. A parte mais ‘chocante’ do documentário fala sobre o assédio sexual das pobres das modelos. É, isso é bem mais comum do que a gente acha e é UM ABSURDO. Tem um relato sobre uma menina de 16 anos que foi abusada pelo fotógrafo, fotógrafo que fica nú durante a sessão de fotos, enfim, todo tipo de coisa ABSURDA. Eu como fotógrafo sei como as modelos são tratadas, sei que muitas vezes as modelos não são profissionais no trabalho delas e isso acaba resultando em pessoas sendo grossas com elas, mas quando o tratamento que uma modelo recebe chega a esse nível como é relatado, a linha do profissional e do absurdo é cruzada. Um conselho pra mamãe que quer que a filha seja modelo, pra menininha que sonha em ser a gisele, cuidado. Já vi muita gente se dar mal e, por incrível que pareça, a carreira de modelo não é tão glamourosa assim. A indústria vai ter que mudar. Dá uma olhada no trailer:

Vodpod videos no longer available.

O Fashion Rio deu a largada no verão 2010 ontem, com os desfiles do Rio Moda Hype. Pra quem não sabe, o Rio Moda Hype é um evento que proporciona a estilistas iniciantes a oportunidade de mostrar seu trabalho numa grande semana de moda, com todo o apoio dos jornalistas, maquiadores, produtores, etc. Os destaques do evento esse ano foram:

R. Groove:
Ano passado o Rique Gonçalves, estilista da R Groove,  foi o vencedor na categoria Estilista Revelação no Premio Moda Brasil. A coleção verão 2010, intitulada “The Jungle” está bem a altura desse título que ele recebeu.  Ele partiu da cançao do Kiss que nomeou a coleção e daí tirou os dois fundamentos que a coleção carrega, o Rock e um toque de Selva. A coleção é toda trabalhada na alfaiataria desconstruída, com um streetwear de shape mais solto, usando nylon, moletom e jeans.  Tudo isso resultou num dos destaques do primeiro dia. A R. Groove conseguiu um balanço bem legal entre o conceito da coleção e o lado comercial. Todas as peças se encaixam nos consumidores cool da marca, e o styling do desfile foi muito bem feito, com sobreposições bem interessantes. As nossas peças favoritas são essa blusa com efeito trompe l’oeil de ziper gigante e o paletó overzised do final. Ponto pra R. Groove, que se estabelece como uma marca sólida e com muito futuro comercial.
PS: O amigo da Carolina, dos tempos de Rio de Janeiro, desfilou! Ele é esse da primeira foto, ela tá orgulhosa aqui! Parabéns Fred! =)

Sem Título-2
Julia Valle:

O nosso desfile feminino favorito do Rio Moda Hype. Julia Vale é mineira, e estudou moda na Dinamarca. Ela se inspirou nos estudos analíticos sobre as massas de ar em edificações (culta essa mineira né?) e na coleção a gente percebe os referenciais de neblinas, orvalho, vento, etc. Dificil esse tema né? Mas a Julia Vale conseguiu materializar esse tema tão abstrato em moulages livres, feitas a mão, criando essa silhueta livre, solta que a gente ama! A cartela de cores também foi muito linda, com brancos, amarelos, vermelho e magenta.
Júlia Valle

Arrasa no F5 aqui no blog que durante a semana inteira a gente vai mostrar pra vocês os defiles ok? =)

Leitores queridos, a gente vai analisar e criticar (quase) todos os desfiles da temporada aqui tá? =) então arrasa no F5, porque a opinião de gente que não tem nada a ver (como nós dois) é a que importa! êêêê

um dos editoriais mais lindos de celebs dos ultimos tempos :

A gente ama muito a casa de criadores. Na nossa opinião, é um evento sem precedentes, que sempre dá espaço pra novos criadores, mostrando uma moda nova e muitas vezes bem inovadora. E você já perceberam que, nesse blog, tudo que incentiva novos talentos a gente MEGA apóia né? Vale a pena dar uma olhadinha também na cobertura dos UnderagedHeartBreakers que também são novos talentos nesse mundo da moda. Achei super legal eles cobrirem a semana de criadores, é sempre bom ver gente nova, analisando gente nova, que assim é muito mais criativo! Agora é só lidar com escola e semana de moda né gente? Não é facil MESMO, acordar cedo, ir pra aula, ficar até tarde vendo desfile, ter que postar tudo, DÁ UM MEGA TRABALHO. A gente sabe como é :) Boa sorte pra eles!

Começando com o Day1 da CDC,
João Pimenta
O estilista buscou inspiração no caipira (!!!) e foi bem longe disso num desfile lindo. Ele procurou fazer uma alfaiataria mais confortável pros homens, mudando um pouco a modelagem, usando corte em viés, que dá um caimento melhor, é mais soltinho, mais fluido. O desfile teve um styling muito bom, começando com looks monocromáticos (a gente AMA!) em branco,  fazendo uma referência aos batismos no interior. Ponto pro João, que vêm acertando em cheio ao brincar e subverter o guarda roupa masculino, que costuma a ser tão entediante.
joao pimenta

Der Metropol
Mais uma coleção masculina inusitada. A gente gostou MUITO dos spikes no ombr e do efeito teatral das roupas. É muito bom ver gente inovando guarda roupa masculino, tem MUITO mercado e os estilistas tendem a negligenciar o potencial do vestuário masculino. A estampa em preto e branco também é bem bonita. Uma coleção bem acertada no consumidor alvo, com tudo pra dar muito certo.
Der metropol

Pra gente, esses foram os destaques do primeiro dia. Amanhã tem mais ;)

IMG_ 172 copy

IMG_ 179 copy

IMG_ 167 copy

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.